Jair Ventura: ‘O fácil nunca me seduziu’

0
295

Aos 37 anos, Jair Ventura, filho do Furacão Jairzinho, ainda sonha com os gols marcados nos tempos de atacante. A dor de uma pubalgia e a autocrítica abreviaram a carreira, aos 26. Começava a nascer o treinador que, no comando do Botafogo, se transformaria na revelação do Brasileiro de 2016.

Há influência de Jairzinho no seu trabalho?

Ele não tem participação direta na minha vida profissional. Tem participação na formação como homem. Herdei a paixão pelo futebol e sigo os princípios da boa educação.

Tem mágoa do ex-presidente Mauricio Assumpção, que demitiu você em 2013?

Não guardo mágoa de ninguém.

Como foi a decisão de parar de jogar?

Não foi fácil. Até hoje tenho sonhos jogando, fazendo gols. Sou exigente e não me via no nível que queria. Sou feliz por ter encontrado uma profissão que me dá tanto prazer quanto eu tinha jogando.

O que passou por sua cabeça quando recebeu o convite para assumir o time?

Chegou a minha hora. Me preparei durante 11 anos. Foi a hora de começar a colocar em prática. Tinha certeza de que não seria fácil, mas o fácil nunca me seduziu.

Fonte:Extra.com

Deixe uma resposta